23
02 / 2018

Mulheres são maiores vítimas de animais peçonhentos no Agreste

Alagoas

Tamanho

 

 

 Repórter: Adalberto Custódio

Fotos: Adalberto Custódio/Divulgação

 

Levantamento feito pelo Setor de Epidemiologia do Hospital de Emergência Daniel Houly (HEDH), em Arapiraca, aponta que as principais vítimas dos ataques de animais peçonhentos são as mulheres e pessoas com idades entre 20 e 29 anos. Somando-se o número dos atendimentos realizados nos anos de 2014 e 2015, as mulheres foram maioria, com 1.832 casos e 1.557 homens.  

 

Apesar de ainda ser alto, o número de atendimentos às vítimas de picadas de animais peçonhentos tem diminuído relativamente nos últimos dois anos no Hospital. Em 2015 foi registrada uma queda de 15% nesse tipo de atendimento, se comparado ao ano de 2014. Em 2014 foram realizados 1.819 atendimentos contra 1.570 no ano passado.

 

Em outro comparativo feito mês a mês, foi detectado que o mês de janeiro de 2016 apresentou uma ligeira queda comparada ao mesmo período dos dois anos anteriores. No primeiro mês de 2014, o HEDH atendeu 146 pacientes vítimas de picadas. Em janeiro de 2015 esse número caiu para 141 casos e no mesmo período deste ano, 128.

 

 

 

 

O número de idosos vítimas das picadas desse tipo de animal também é preocupante. Nos últimos três anos o hospital atendeu 360 casos de pessoas com idades acima dos 60 anos.

 

No caso de picadas, a orientação correta é lavar imediatamente o local, manter a vítima deitada e em repouso, evitando que ela se locomova sozinha para não favorecer a absorção do veneno. Ainda é recomendado manter o membro picado mais elevado que o restante do corpo e buscar socorro imediatamente. Caso seja possível e seguro levar o animal, mesmo morto, ao local do atendimento, a fim de que a equipe médica possa ter um diagnóstico mais preciso.

 

 

 

De acordo com a coordenadora do Serviço de Epidemiologia do HEDH, Ana Lúcia Lima, alguns cuidados simples podem evitar que a pessoa seja vítima desses animais, são eles: bater colchões, lençóis e roupas antes de usá-los; evitar camas encostadas em paredes, evitar o acumulo de tijolos, madeiras ou entulhos no quintal ou próximos a casa entre outros.

Se você está buscando um novo emprego, selecione abaixo:

Cadastre seu currículo agora   Envie seu currículo para dezenas de empresas

Revise seu currículo com um especialista   Consultoria gratuita para obter um emprego