20
08 / 2017
43 Novos artigos

Carnaval movimenta turismo de Norte a Sul do Brasil

Especiais

Tamanho

A folia do Carnaval movimentou a economia, gerou empregos e atraiu visitantes em todas as regiões do Brasil.

Em Salvador, por exemplo, um dos principais destinos da festa, a ocupação hoteleira chegou a 95% no período, gerando 200 mil empregos temporários. A estimativa da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) é de que 600 mil turistas tenham passado pela capital baiana, um aumento de 9% em relação a 2016. Destes, 10% são estrangeiros. Em todo o estado, foram registrados cerca de 2 milhões de visitantes, que injetaram R$ 1,5 bilhão na economia baiana.

O estado não é o único do Nordeste a registrar alta na demanda por hotéis durante o último feriado. Na maioria dos destinos da região, os índices de ocupação hoteleira registraram uma média de 90% no período.

Em Alagoas, 90% dos 31 mil leitos ficaram ocupados no feriadão, mesmo índice registrado em Sergipe. Na Paraíba, 200 mil turistas foram responsáveis pela ocupação de cerca de 95%. O Ceará recebeu cerca de 112 mil turistas, com o impacto de aproximadamente R$ 140 milhões de receita direta na economia estadual. Em toda a cadeia produtiva do turismo cearense, foram gerados R$ 230 milhões, um aumento de cerca de 10% em relação a 2016. A taxa de ocupação da rede hoteleira ficou na casa dos 84% durante o período.

No Rio Grande do Norte, a média de ocupação no período foi de 89%. Em Recife, que deverá fechar o balanço na próxima semana, a expectativa de ocupação hoteleira foi de 95%, com injeção de R$ 1,2 bilhão na economia pernambucana. Em São Luís, os cinco dias de festa criaram 1.450 empregos informais. Deste total, 950 atuaram nos circuitos oficiais da folia.

“Os números positivos demonstram como o Carnaval é um importante indutor do turismo nacional, gerando empregos e renda. Nossa expectativa é crescer ainda mais e para isso estamos investindo fortemente na qualificação profissional e infraestrutura turística”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Sudeste

Levantamento preliminar da São Paulo Turismo (SPTuris) mostra que os gastos dos foliões que curtiram o Carnaval na capital, em 2017, cresceram 55% na comparação com a festa de 2016. O gasto médio subiu de R$ 617 para R$ 957 em três dias de folia. Também foi registrado um crescimento de 167,5% no número de turistas no Sambódromo e de 203% no carnaval de rua. São Paulo viu crescer de 7,7%, em 2016, para 20,6% a participação de turistas na festa mais popular do País.

A prefeitura de Belo Horizonte comemora o maior Carnaval da sua história com a marca de 500 mil turistas, que garantiram 59% de ocupação na rede hoteleira, um aumento de 19 pontos percentuais em relação a 2016. No Rio de Janeiro, que ainda vive os últimos dias de folia, o balanço deverá ser feito na próxima semana, mas a estimativa é de que 1,1 milhão de turistas brasileiros e estrangeiros tenha aproveitado a festa, gerando uma movimentação financeira em torno de R$ 3 bilhões.

Centro-Oeste

Na capital federal, o Carnaval levou 1,5 milhão de foliões para as ruas, um crescimento de 58% em relação a 2016, e movimentou R$ 500 milhões. Goiás registrou a movimentação de 425 mil foliões, sendo 15,6% de turistas. Ainda no Centro-Oeste, a capital de Mato Grosso, Cuiabá, estima que os três circuitos carnavalescos receberam aproximadamente 150 mil pessoas, entre turistas e moradores, em cinco dias de festa. ‘Além de ser uma cultura importante do Brasil, o Carnaval movimenta milhões na economia das cidades’, avaliou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Cuiabá, Júnior Leite.

Norte

Em Roraima, no norte do País, os balneários de Tepequém e Caracaraí, polos turísticos do estado, o fluxo de turistas no Carnaval subiu de 17,5 mil, em 2016, para 35,5 mil, em 2017. O aumento expressivo resultou em 100% de ocupação das pousadas e hotéis da região.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo 

Se você está buscando um novo emprego, selecione abaixo:

Cadastre seu currículo agora   Envie seu currículo para dezenas de empresas

Revise seu currículo com um especialista   Consultoria gratuita para obter um emprego

Comece já a receber nossa revista gratuita. Direto em seu correio as principais notícias da cidade.

Patrocinadores